Comunidade Brasilandia 1_a.jpg
Camisetas autografadas de times de futebol

Uma das maneiras que encontramos de arrecadar recursos para as campanhas sociais é através da venda de camisetas autografadas doadas por jogadores ou ex-jogadores de futebol. 

 

Como a transparência é um dos nossos pilares, para cada venda será postado o valor pago e quem comprou, e no caso de rifas será comunicado, com antecipação, a data do sorteio para todos que comprarem, assim como comunicado o ganhador.

 

As camisetas sempre serão vendidas por anúncio de venda direta aqui no site, leilão ou rifa.

linha11_Transp.png
Rifa Camisa do Palmeiras-Dudu e Ademir.jpg

 

Rifa a venda

 

 

A rifa vai correr pelo primeiro premio da Loterial federal, logo após a venda de todos os numeros.

 

Conseguimos mais uma camiseta retrô do Palmeiras autografada pelos idolos palmeirenses Dudu e Ademir da Guia.

 

Dudu e Ademir da Guia
Camiseta do Palmeiras

Olegário Tolói de Oliveira, o Dudu, nasceu no dia 7 de novembro de 1939, em Araraquara (SP). Iniciou a carreira na Ferroviária e chegou ao Palmeiras em 1964. 

Dudu vestiu a camisa do Verdão até 1975, fazendo parte das da gloriosa academia da Sociedade Esportiva Palmeiras. Foi campeão paulista três vezes pelo Palmeiras (66, 72 e 74), duas vezes brasileiro (72 e 73), uma vez da Taça Brasil (67), uma vez do Robertão (67) e uma vez do Rio-São Paulo (65).

Encerrou a carreira de jogador em 1975 e logo em seguida começou a de técnico, comandando o time alviverde campeão paulista de 76. É casado com a dona Maria Helena e mora no bairro do Sumaré.

 

 

Ademir Ferreira da Guia nasceu no Rio de Janeiro em 3 de abril de 1942. É considerado pela torcida e pela imprensa o maior ídolo da história do Palmeiras, no qual foi titular absoluto por mais de dezesseis anos, durante a época da chamada "Academia", onde era o craque e a figura central.

Os principais títulos conquistados por Ademir foram os seguintes: Paulistas de 63, 66, 72, 74 e 76; Brasileiros de 72 e 73; Robertão, em 67 e 69; Troféu Ramón de Carranza, em 69 e 74; Rio-São Paulo, em 65; Taça Brasil, em 67; Mar del Plata, Laudo Natal e Cidade de Zaragoza, os três em 1972; Torneio IV Centenário do Rio, em 1965. Durante os 16 anos em que atuou pelo Alviverde, o Divino disputou 902 partidas.

Em 1977, aos 35 anos de idade, Ademir decidiu deixar o futebol após apresentar dificuldades respiratórias. Recentemente foi homenageado pela passagem de seu aniversário de 80 anos. Mora em São Paulo, no bairro de Perdizes.

 

Nossos agradecimentos especiais ao Dudú e ao Ademir da Guia pelo apoio a nossa causa.

 

Foto Dudu-Ademir-1.jpg
Pepe, Manoel Maria, Lima, Clodoaldo, Edu e Abel
Camiseta do Santos

José Macia, mais conhecido como Pepe, nasceu em 25 de fevereiro de 1935. É considerado um dos maiores ídolos da história do Santos FC, único clube onde atuou. É o vice-artilheiro da história do clube, com 403 gols, atrás apenas de Pelé. Maior vencedor de Campeonatos Paulistas, com 13 títulos, também é o maior vencedor de Campeonatos Brasileiros, com sete títulos conquistados. Ganhou duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira: em 1958 e 1962.

 

 

Manoel Maria Evangelista Barbosa dos Santos, nasceu em Belém em 29 de fevereiro de 1948. É considerado um dos maiores ídolos da história do Santos, foi convocado a defender a seleção olímpica em 1968 vindo da Tuna Luso, clube em que mais se destacou localmente, embora também tenha defendido o Remo e Paysandu. Além do Santos, jogou na Portuguesa Santista. Esteve perto de integrar a seleção principal convocada à Copa do Mundo de 1970, ano em que sua carreira foi impactada em função de um sério acidente automobilístico meses depois da competição.

 

Antônio Lima dos Santos, nasceu em São Sebastião do Paraíso em 18 de janeiro de 1942. Jogador legendário no Santos tendo jogado quase 700 jogos pela equipe e tendo sido campeão de todos os títulos que uma equipe brasileira poderia conquistar em sua época, com destaque para o bi mundial onde, em uma das finais, demonstrou sua polivalência atuando como atacante.

 

Clodoaldo Tavares de Santana, apelidado de Corró, nasceu em Itabaiana em 25 de setembro de 1949. Jogou a maior parte da sua carreira no Santos, onde marcou treze gols em 510 partidas. Participou da conquista e cinco Campeonatos Paulistas, o Campeonato Brasileiro de 1968, a Supercopa Sul-americana dos Campeões Intercontinentais de 1968 e a Recopa dos Campeões Intercontinentais de 1968. Foi titular e campeão da copa de 1970, marcando um gol contra o Uruguai.

 

Jonas Eduardo Américo, conhecido como Edu, nasceu em Jaú em 6 de agosto de 1949. Jogador de extrema habilidade e chutes precisos, e um dos maiores dribladores de todos os tempos. Destacou-se desde cedo no Santos, fazendo sua primeira partida com apenas 15 anos. Disputou 3 Copas do Mundo (1966, 1970 e 1974), sendo campeão mundial em 70.

 

Abel Verônico da Silva Filho, nasceu no Rio de Janeiro em 2 de outubro de 1941. Chegou ao Santos em 1965, junto com Carlos Alberto Torres e fez sua estreia no dia 29 de abril de 1965. Jogou 323 partidas pelo Santos e marcou 28 gols. Jogou no México pelo Atlas de 1972 a 1976, quando encerrou sua carreira.

 

Rifa Camisa do Santos - Velha Guarda.jpg

 

Rifa sortead em 27/08

 

Dezena sorteada 74 e o ganhandor foi o Sr. Cláudio de Moraes.

 

Obrigado ao Claudio e a todos que contribuiram com mais esta ação acreditando no nosso projeto.

 

Nossos agradecimentos especiais aos jogadores pelo apoio a nossa causa, em especial o Mané Maria, que se tornou um grande amigo e tem contribuido muito com o nosso projeto.

 

Autografo-Red.jpg

 

Rifa a venda

 

 

A foi rifa sorteada pelo 1o. Premio da Loterial Federal no dia 26/06, e o ganhador foi o Sr. Marcos Rett, com a dezena 30.

 

Em breve colocaremos outras camisetas para serem vendidas através de rifa.

 

Dudu e Ademir da Guia
Camiseta do Palmeiras

Olegário Tolói de Oliveira, o Dudu, nasceu no dia 7 de novembro de 1939, em Araraquara (SP). Iniciou a carreira na Ferroviária e chegou ao Palmeiras em 1964. Sua estreia foi na derrota do Palmeiras para o Santos por 2 a 1 no Pacaembu, jogo foi válido pelo Torneio Rio-São Paulo/Roberto Gomes Pedrosa.

Dudu vestiu a camisa do Verdão até 1975, fazendo parte das da gloriosa academia da Sociedade Esportiva Palmeiras. Foi campeão paulista três vezes pelo Palmeiras (66, 72 e 74), duas vezes brasileiro (72 e 73), uma vez da Taça Brasil (67), uma vez do Robertão (67) e uma vez do Rio-São Paulo (65).

Encerrou a carreira de jogador em 1975 e logo em seguida começou a de técnico, comandando o time alviverde campeão paulista de 76. É casado com a dona Maria Helena e mora no bairro do Sumaré.

 

 

Ademir Ferreira da Guia nasceu no Rio de Janeiro em 3 de abril de 1942. É considerado pela torcida e pela imprensa o maior ídolo da história do Palmeiras, no qual foi titular absoluto por mais de dezesseis anos, durante a época da chamada "Academia", onde era o craque e a figura central.

Os principais títulos conquistados por Ademir foram os seguintes: Paulistas de 63, 66, 72, 74 e 76; Brasileiros de 72 e 73; Robertão, em 67 e 69; Troféu Ramón de Carranza, em 69 e 74; Rio-São Paulo, em 65; Taça Brasil, em 67; Mar del Plata, Laudo Natal e Cidade de Zaragoza, os três em 1972; Torneio IV Centenário do Rio, em 1965. Durante os 16 anos em que atuou pelo Alviverde, o Divino disputou 902 partidas.

Em 1977, aos 35 anos de idade, Ademir decidiu deixar o futebol após apresentar dificuldades respiratórias. Recentemente foi homenageado pela passagem de seu aniversário de 80 anos. Mora em São Paulo, no bairro de Perdizes.

 

Nossos agradecimentos especiais ao Dudú e ao Ademir da Guia pelo apoio a nossa causa, e ao Marcos por acreditar em nosso projeto.

 

Foto Dudu-Ademir-1.jpg
Flyer Rifa Camisa do Santos-Mini.jpg

Rifa sorteada em 27/11/2021

 

Vencedor: Edgar Ferretti com a dezena 15.

 

Em breve colocaremos outras camisetas para serem vendidas através de rifa.

 

 

Juary, João Paulo e Indio
Camiseta do Santos

Juary Jorge dos Santos Filho – nasceu em São João de Meriti em 1959. Era centroavante, e apesar da pouca estatura, compensava com muita velocidade e poder de finalização impressionante. As equipes principais que jogou foram a do Santos Futebol Clube e do time português Futebol Clube do Porto, onde marcou o gol do título da Liga dos Campeões da UEFA de 1987.

 

Rubens Barbosa Souza – conhecido como Índio, nasceu em Almenara-MG em 1967. Iniciou a carreira nas categorias de base do Nacional de São Paulo, em 1984 e em 1990, veio para o Santos. Em 1995, foi contratado pelo Palmeiras. No ano seguinte, foi contratado pelo Flamengo, fazendo parte do elenco que se sagrou campeão do Campeonato Carioca. Encerrou sua carreira em 1999, aos 32 anos, quando estava no Atlético Mineiro. É casado com Rosana e tem três filhos.

 

João Paulo de Lima Filho – nascido em São João de Meriti (RJ), em 1957, iniciou a carreira no São Cristóvão em 1976, mas foi no Santos, para onde foi no ano seguinte, que estourou, ao lado de Juary, Nílton Batata e Pita, time que ganhou o Campeonato Paulista de 1978. Foi convocado para a seleção brasileira em 1979 e 1983. Passou pelo Flamengo, antes de ir para o Corinthians, onde defendeu a camisa em 259 jogos. Jogou ainda no Palmeiras, Yamaha do Japão, São José, Grêmio de Maringá, antes de voltar ao Santos em 1992. Encerrou a carreira no Náutico no mesmo ano. Mora em Santos, onde dá aulas de futebol para garotos.

Rifa a encerrada e sorteada no dia 27/11/2021.

Foto Composta.jpg
Flyer Camisa da Lusa-Badeco-Mini.jpg

 

Rifa a venda

 

 

O sorteio foi realizado pelo primeiro premio da Loteria Federal do dia 5/mar e quem ganhou foi o Sr. Rogerio Moraes com a dezena 56.

 

I-M-P-O-R-T-A-N-T-E

O Sr. Rogerio Moraes, ganhador da rifa doou a camiseta para a nossa causa, que foi colocada a venda por leilão no site e quem comprou foi o Sr. José de Almeida Leite por R$250.

 

Obrigado pela força Rogerio!

 

Badeco
Camiseta da Portuguesa

Ivan Manoel de Oliveira, o Badeco, nasceu em Joinville (SC), em 15 de março de 1945. Iniciou sua trajetória no América Futebol Clube de Joinville, clube que também foi defendido por seu pai. O apelido “Badeco” foi uma herança paterna; assim como sua grande habilidade para jogar um bom futebol.

 

Nos anos 70, além da marcação implacável, os volantes tinham a responsabilidade de distribuir a bola, com qualidade, aos companheiros de meio de campo. O Badeco foi um desses ótimos volantes da época, que carrega o orgulho de ter conquistado um título paulista pela Portuguesa de Desportos em 1973, o mais representativo de sua marcante carreira!

 

Badeco deixou o futebol em 1981, e ingressou como Delegado da Polícia Federal, onde se aposentou. Casado com Dona Odete, com quem teve 3 filhos: Edson, Marcelo e Elvis, e é avô de três netas, um neto e uma bisneta. Mora em São Paulo, no bairro de Santa Terezinha.

 

Desde já os nossos agradecimentos especiais ao amigo Badeco, que doou essa camiseta para a nossa causa.

 

Rifa sorteada pelo 1o. Premio da Loterial Federal do dia 05/Marco e leiloada por R$250 em abril.

BRA-SP-Badeco_04a.jpg
Site-Camisa XV Preta-1.jpg
Site-Camisa XV Preta-3.jpg

 

 

Lance inicial: R$350,00

 

Faça o seu lance através do email  contato@bemquetequero.org 

 

 

Camisa XV Detalhe.jpg

Detalhe do autografo na frente e nas costas

Paulinho, Tatau e Gatãozinho
Camiseta do XV Novembro de Piracicaba 

Venda da camiseta autografada por esse trio de super craques, iniciado em 15/10/2021, através de leilão por email, com término previsto para 15/11/2021. Desde já o meu agradecimento especial aos amigos Gatãozinho, Paulinho e Tatau, que doaram essa camiseta para a nossa causa.

 

Paulo Luiz Massariol, o Paulinho, nasceu em 1958 e foi revelado pelo XV de Piracicaba como atacante. Filho do zagueiro Idiarte, jogador que mais vezes vestiu a camisa do XV, Paulinho foi artilheiro do Brasileirão de 1978, com 19 gols, jogando pelo Vasco da Gama. Também jogou no Palmeiras, Grêmio e Náutico, entre outros clubes antes de encerrar a carreira como jogador profissional em 1989 e tornou-se técnico de futebol. Atualmente, mora em Piracicaba.

 

Vicente Antonio Naval, o Tatau é filho do ex-jogador Gatão e irmão do Gatãozinho. Passou pelas categorias de base do XV de Piracicaba, antes de vir para São Paulo no final de 1971. Atuou pelos aspirantes do Corinthians, quando foi campeão juvenil em 1972 e vice-campeão da Copa São Paulo em 1973, ano em que retornou para o XV de Piracicaba, agora como profissional. Em 1975 jogou pela União Barbarense, em 1977 pelo Clube Atlético Piracicabano, em 1978 pelo Capivariano, em 1979 pela Lemense, voltando ao Capivariano, em 1980 e encerrou sua carreira em 1981. Mora em Piracicaba, é casado com Viviane com quem tem dois filhos: Rafael e Ariane, e avô do Felipe, Bruno e Yasmin.

 

 

José Fernando Naval, o Gatãozinho, nasceu em Piracicaba em 1953. É um dos cinco filhos de Vicente Naval Filho, o Gatão, um dos maiores jogadores da história do XV de Piracicaba e com importante passagem pelo Corinthians. Iniciou sua carreira na base do Corinthians no início de 1972, e como jogador profissional defendeu o XV de Piracicaba, São Bento, Juventus e Bragantino. Foi o jogador com maior número de atuações pelo São Bento, com 367 partidas disputadas. Mora em Piracicaba, com a esposa Magali, com quem tem 2 filhos: Vanessa e Vinicius, além de quatro netos.

Leilão encerrado!!

Camisa XV.jpg

Leilão encerrado! O vencedor foi Giovanildo Pereira Santos com o lance de R$ 350,00. Desde já os nossos agradecimentos ao Giovanildo, agradecimento esse feito em especial pelo Gatãozinho, Paulinho e Tatau que doaram a camiseta!

Flyer Rifa Camisa do Vasco-Mini.jpg

Rifa sorteada em 06/11/2021

 

Vencedor: Rogerio Moraes com a dezena 60

 

Em breve colocaremos outras camisetas para serem vendidas através de rifa.

 

Paulinho Massariol
Camiseta do Vasco da Gama

Rifa da camiseta autografada, iniciada em 20/10/2021, sorteada pelo primeiro premio da Loteria Federal de 06/11/2021, cujo ganhador for o Sr. Rogerio Moraes

 

Desde já o meu agradecimento especial ao meu amigo Gatãozinho, que doou essa camiseta para a nossa causa.

 

Paulo Luiz Massariol, o Paulinho, nasceu em 1958 e foi revelado pelo XV de Piracicaba como atacante. Filho do zagueiro Idiarte, jogador que mais vezes vestiu a camisa do XV, Paulinho foi artilheiro do Brasileirão de 1978, com 19 gols, jogando pelo Vasco da Gama. Também jogou no Palmeiras, Grêmio e Náutico, entre outros clubes antes de encerrar a carreira como jogador profissional em 1989 e tornou-se técnico de futebol. Atualmente, mora em Piracicaba.

Paulinho.jpg
Camisa XV Piracicaba - Gatao - 003a.jpg

 

 

Lance inicial: R$300,00

 

Faça o seu lance através do email  contato@bemquetequero.org 

 

 

José Fernando Naval (Gatãozinho)
Camiseta do XV Novembro de Piracicaba

Venda da camiseta autografada, iniciada em 19/08/2021, através de leilão por email, com término previsto para 15/09/2021. Desde já o meu agradecimento especial ao meu amigo Gatãozinho, que doou essa camiseta para a nossa causa.

 

José Fernando Naval, mais conhecido como Gatãozinho, nasceu em Piracicaba em 1953. É um dos cinco filhos de Vicente Naval Filho, o Gatão, um dos maiores jogadores da história do XV de Piracicaba e com importante passagem pelo Corinthians.

Iniciou sua carreira na base do Corinthians no início de 1972, ano em que o clube conquistou o bicampeonato paulista de juniores. Como jogador profissional defendeu o XV de Piracicaba, São Bento, Juventus e Bragantino. Além das passagens marcantes pelos clubes que defendeu como jogador, Gatãozinho também atuou como treinador de futebol e comandou o São Bento de Sorocaba no Campeonato Brasileiro de Futebol da Série C em 1992.

 

Gatãozinho foi o jogador com maior número de atuações pelo São Bento, com 367 partidas disputadas.


Mora em Piracicaba, com a esposa Magali, com quem tem 2 filhos: Vanessa e Vinicius, além de quatro netos.

Leilão Encerrado!!

Camisas XV.jpg

Leilão encerrado! O vencedor foi João Paulo Furlaneto com o lance de R$ 500,00. Desde já os nossos agradecimentos ao João, agradecimento esse feito em especial pelo Gatãozinho, que doou a camiseta!

Camisa Braga - Gatao - 002b.jpg

 

 

Lance inicial: R$300,00

 

Faça o seu lance através do email  contato@bemquetequero.org 

 

 

José Fernando Naval (Gatãozinho)
Camiseta do Bragantino

Venda da camiseta autografada, iniciada em 19/08/2021, através de leilão por email, com término previsto para 02/09/2021. Desde já o meu agradecimento especial ao meu amigo Gatãozinho, que doou essa camiseta para a nossa causa.

 

José Fernando Naval, mais conhecido como Gatãozinho, nasceu em Piracicaba em 1953. É um dos cinco filhos de Vicente Naval Filho, o Gatão, um dos maiores jogadores da história do XV de Piracicaba e com importante passagem pelo Corinthians.

Iniciou sua carreira na base do Corinthians no início de 1972, ano em que o clube conquistou o bicampeonato paulista de juniores. Como jogador profissional defendeu o XV de Piracicaba, São Bento, Juventus e Bragantino. Além das passagens marcantes pelos clubes que defendeu como jogador, Gatãozinho também atuou como treinador de futebol e comandou o São Bento de Sorocaba no Campeonato Brasileiro de Futebol da Série C em 1992.

 

Gatãozinho foi o jogador com maior número de atuações pelo São Bento, com 367 partidas disputadas.


Mora em Piracicaba, com a esposa Magali, com quem tem 2 filhos: Vanessa e Vinicius, além de quatro netos.

Leilão Encerrado!!

Camisa Braga.jpg

Leilão encerrado! O vencedor foi Pedro G da Matta com o lance de R$ 400,00. Desde já os nossos agradecimentos ao Pedro, feito em especial pelo Gatãozinho, que doou a camiseta!

IMG_0006.JPG

 

 

Lance inicial: R$300,00

 

Faça o seu lance através do email  contato@bemquetequero.org 

 

 

Deodoro de Almeida Leite
Camiseta da Portuguesa de Desportos

Venda da camiseta autografada, iniciada em 08/07/2021, através de leilão por email, com término previsto para 17/08/2021. Desde já o meu agradecimento especial ao meu amigo Deodoro, que doou essa camiseta para a nossa causa.

 

Deodoro Jose De Almeida Leite (07/06/49), além do grande jogador que foi, sempre muito disciplinado. Jogou como zagueiro de área e na lateral da Portuguesa, Juventus, Guarani, Coritiba e Vasco da Gama, mora em São Paulo. Depois de aposentado no futebol profissional, jogou por um bom tempo no  Masters da Lusa, e do Corinthians, além de vários outros times.


Deodoro jogou como profissional por cerca de 20 anos e disputa com Lorico e Manga, a condição de jogador mais "eterno" do Brasil. Deodoro, tem passagens pelo Juventus, Portuguesa de Desportos, Guarani e Vasco da Gama, entre outros.


Mora no bairro de Interlagos, zona sul de São Paulo, é casado com Teresinha, com quem tem dois filhos: Dr. Jeferson, advogado, e Dra. Gisele, psiquiatra, além de dois netos.

Leilão Encerrado!!

Camisa Lusa.jpg

Leilão encerrado! O vencedor foi Alfredo Santos com o lance de R$ 501,00. Desde já os nossos agradecimentos ao Alfredo, agradecimento esse feito em especial pelo Deodoro, que doou a camiseta!

 

 

Voltar

 

Combinado_InPixio.png

"Ajudar aos que precisam, nos traz a convicção de que cumprimos um dos nossos maiores propósitos, de que pertencemos e servimos a algo que acreditamos ser maior que nós."

luizalves - criador do Projeto bemquetequero

entre em contato

 

contato@bemquetequero.org