Combinado_InPixio.png
Comunidade Brasilandia 1_a.jpg
Curso básico de fotografia

 

A desigualdade social é uma realidade inquestionável no Brasil, e esse fosso só faz aumentar. As oportunidades de desenvolvimento em zonas periféricas são ainda maiores, em especial para os jovens, que via de regra não tem oportunidades. Observando a garotada na periferia, nota-se que não existem espaços disponíveis e, muito menos suficientes, para o desenvolvimento da molecada, que dirá então do aparelhamento... basicamente inexiste.

 

Essa é a razão principal pela qual decidimos criar um curso de fotografia, cujo objetivo não é ensinar fotografia – até porque não se ensina sensibilidade – mas despertar a criatividade que pode estar dormida dentro do coração desses jovens, ao menos pode ser um mecanismo para o jovem morador da periferia extravasar a sua indignação e sua criatividade.

 

Adicionalmente a um mar de dificuldades soma-se a pandemia, que tem deixado um rastro de destruição na vida das pessoas, em especial dos jovens que vivem em regiões periféricas em situação de vulnerabilidade. Esse jovem é facilmente cooptado por quadrilhas focadas no tráfico de drogas, com um discurso clichê de poder e ostentação, que todos sabem onde vai desembocar.   

 

Felizmente nem todos perderam a esperança por dias melhores e seguem lutando com determinação para sobreviver de maneira honesta. Por isso criamos esse curso, que mais do que ensinar técnicas de fotografia, visa discutir alternativas que permitam exercer a plena cidadania através da inclusão.

 

Clique aqui, para ver o conteúdo do programa.

 

Voltar